Terça, 28 de Junho de 2022
Geral Pará

Estado firma convênio para reconstruir a Escola Estadual Profª. Osvaldina Muniz em Cametá 

Há 33 anos sem melhorias, os investimentos vão proporcionar mais comodidade, conforto e qualidade de ensino para cerca de 900 alunos do município

23/06/2022 às 21h40
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:

Desde janeiro de 2019, a educação tem sido prioridade para o Governo do Pará. Reafirmando esse compromisso com a comunidade escolar, o governador Helder Barbalho assinou, nesta quinta-feira (23), um convênio com a Prefeitura Municipal de Cametá para a reconstrução da Escola Estadual Profª. Osvaldina Muniz, que há 33 anos não recebia melhorias em sua estrutura física.

“Hoje é um dia muito especial porque estamos anunciando uma série de investimentos para Cametá e, consequentemente, para toda a Região do Baixo Tocantins. Quero aqui reafirmar o meu compromisso de trabalhar por esta população trabalhadora, honesta e que sua a camisa para correr atrás do seu sustento. Ainda temos muita coisa para fazer, com certeza, mas tudo será feito com diálogo, seriedade e respeito”, destacou o governador Helder Barbalho. 

Orçadas em R$ 3.401.677,92, as obras vão proporcionar mais comodidade, conforto e qualidade de ensino para cerca de 900 alunos, professores e equipe técnico-pedagógica. Atualmente, o espaço de aprendizagem oferta, nos turnos da manhã, tarde e noite, o Ensino Médio Regular (1ª a 3ª série), Educação de Jovens e Adultos (EJA), além do Atendimento Educacional Especializado (AEE).

EXPECTATIVA

Por serem instalações elétricas muito antigas, o espaço de aprendizagem não está suportando aparelhos de ar-condicionado, informática e até mesmo de iluminação mais modernas. Segundo a diretora da escola, Patrícia Rodrigues, é com muita satisfação que a população cametaense recebe este importante benefício do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

“Mesmo que a gente coloque aparelhos de ar-condicionado nas salas, temos uma dificuldade muito grande com o fornecimento de energia elétrica, o que pode ocasionar uma queda de energia, curto circuito ou até mesmo a queima dos equipamentos. A gente coloca a lâmpada uma semana e na outra ela já queimou, porque infelizmente não há uma estrutura elétrica, hidráulica e nem física que nos dê segurança”, relata. 

A dirigente ressalta, ainda, que esta é a realização de um desejo antigo de toda a comunidade escolar. “Não é apenas um sonho. Para nós, é uma luta histórica e que só agora, com o olhar sensível do nosso governador Helder Barbalho, está sendo possível tornar-se realidade. Já tínhamos enviado vários ofícios, relatórios e, agora sim, a gente acredita que a obra vai caminhar de verdade”, complementou Patrícia Rodrigues. 

AVANÇOS

A secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga, ressaltou que esse investimento será muito importante para melhorar a qualidade do ensino. A titular da Seduc disse, ainda, que Cametá é um dos municípios paraenses em que há muitos alunos que desenvolvem projetos educacionais inovadores. 

“Neste momento, assinamos o protocolo de intenções para a reconstrução de três escolas estaduais e, em breve, também chegaremos a outras unidades do município com pequenos ou grandes reparos. Desde janeiro de 2019, este é um Governo que tem a educação como prioridade, que investe na melhoria da infraestrutura física escolar e no processo de ensino-aprendizagem dos seus alunos", enfatizou.

Na ocasião, participaram da agenda de trabalho os deputados federais Elcione Barbalho, Beto Faro, Airton Faleiro e Celso Sabino; os deputados estaduais Igor Normando, Renilce Nicodemos, Dilvanda Faro e Dr. Jacques Neves; o ex-senador pelo Pará, Flexa Ribeiro; o prefeito de Cametá, Victor Cassiano; o vice-prefeito de Cametá, Ênio de Carvalho e demais autoridades locais. 

Por Vinícius Leal (SEDUC)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.