Publicidade

Em parceria com o TRE, Educação do Estado realiza palestra sobre a importância do voto

A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio da Divisão de Assessoramento Escolar e Assuntos Estudantis, é parceira de um projeto r...

13/06/2024 às 20h12
Por: Redação Fonte: Secom Acre
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Acre
Foto: Reprodução/Secom Acre

A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio da Divisão de Assessoramento Escolar e Assuntos Estudantis, é parceira de um projeto realizado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), chamado “Jovens pela Democracia”. Nesta quinta-feira, 13, ele foi desenvolvido com os alunos do colégio de ensino integral Sebastião Pedrosa (Cesp).

Continua após a publicidade

A abertura da palestra, realizada pela equipe do TRE e coordenada pela secretária da Escola Judiciária e Eleitoral do Tribunal, Ana Cátia Andrade, foi realizada pela equipe do Núcleo Multiarte da SEE, composta pela professora Marília Bonfim e pelo artista Frank Pinheiro, que cantou músicas ligadas aos direitos dos cidadãos.

Continua após a publicidade
Palestra sobre cidadania e conscientização foi levada aos alunos da escola Sebastião Pedrosa. Foto: Mardilson Gomes/SEE
Palestra sobre cidadania e conscientização foi levada aos alunos da escola Sebastião Pedrosa. Foto: Mardilson Gomes/SEE

De acordo com Jeane Aguiar, chefe da Divisão de Assessoramento Escolar, os jovens também fazem parte do processo político e eles, por meio da palestra, serão instrumentalizados com diversas informações, inclusive como participar do processo eleitoral. “Os jovens precisam fazer parte desse processo”, ressaltou.

A diretora da Sebastião Pedrosa, professora Sandy Guedes, também destacou a importância da participação dos jovens. “O jovem precisa entender como votar, precisa exercer a cidadania para que possamos ter uma sociedade melhor. Por isso, é necessário trabalhar a informação. O jovem precisa valorizar o momento do voto e, para isso, necessita de subsídios para fazer boas escolhas”, afirmou.

Professora Sandy Guedes: “Jovem precisa de informação para exercer a cidadania”. Foto: Mardilson Gomes/SEE
Professora Sandy Guedes: “Jovem precisa de informação para exercer a cidadania”. Foto: Mardilson Gomes/SEE

A secretária da Escola Judiciária do TRE e palestrante do projeto, Ana Cátia Andrade, também destacou a importância de levar informações aos estudantes. “Informamos sobre o processo eleitoral, como funciona, quais são as regras, o que pode e o que não pode fazer no período da eleição”, explicou.

Na palestra aos estudantes, ela fala, entre outras coisas, sobre a segurança das urnas, da acessibilidade à votação que a Justiça Eleitoral implementa para que todos tenham o direito ao voto, e também destaca questões a respeito da desinformação. “Orientamos sempre as pessoas a buscarem os sites do TSE e dos próprios TREs nos estados”, destaca.

Ana Cátia Andrade: “Falamos sobre o que pode e o que não pode durante o processo eleitoral”. Foto: Mardilson Gomes/SEE
Ana Cátia Andrade: “Falamos sobre o que pode e o que não pode durante o processo eleitoral”. Foto: Mardilson Gomes/SEE

A estudante Fernanda Paula Silva, do primeiro ano do ensino médio, falou sobre a importância da palestra para o fortalecimento da democracia. “O cidadão precisa saber sobre o direito ao voto, porque não é somente tirar o título, mas o jovem precisa também participar da política”, disse.

Gabriella Mustafa, também do primeiro ano, tem entendimento semelhante. Considera crucial participar do processo eleitoral. “O cidadão tem que ouvir e opinar sobre o que chama de futuro do Brasil. Ajuda, inclusive, a formar o caráter do cidadão”, frisou.

Estudantes da Sebastião Pedrosa consideram fundamental participar do processo político. Foto: Mardilson Gomes/SEE
Estudantes da Sebastião Pedrosa consideram fundamental participar do processo político. Foto: Mardilson Gomes/SEE

Já para a estudante Jaine Oliveira, a importância do jovem na política se dá em decorrência da voz que ele pode ter para contribuir com o processo de mudança da sociedade. “Essas palestras nos ajudam a ter voz, a ter um pensamento crítico para analisar os fatos para poder mudar a história”, afirmou.

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.