Publicidade

Lira recebe visita oficial do presidente do Conselho de Representantes do Bahrein

Em 2022, a Câmara aprovou a criação do Grupo Parlamentar Brasil–Bahrein, para promover a cooperação internacional entre parlamentares dos dois países

11/06/2024 às 22h05
Por: Redação Fonte: Agência Câmara
Compartilhe:
Vinicius Loures/Câmara dos Deputados
Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), recebeu nesta terça-feira (11) a visita oficial do presidente do Conselho de Representantes do Bahrein, Ahmed Bin Salman Al Musalam. O encontro ocorreu no Salão Nobre da Câmara. Amanhã, a Câmara vai realizar sessão solene para comemorar os 50 anos das relações diplomáticas entre os dois países.

Continua após a publicidade

Musalam lidera uma delegação oficial que terá encontros com parlamentares brasileiros para reforçar as relações diplomáticas e comerciais entre os dois países. Ele também foi recebido pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Continua após a publicidade

O Bahrein é um arquipélago situado no Golfo Pérsico, vizinho do Catar e da Arábia Saudita. É um país de grande riqueza petrolífera e que mantém relações diplomáticas com o Brasil desde a década de 70, mas apenas em 2021 foi inaugurada uma embaixada brasileira sediada no país.

Oficialmente, o Bahrein é uma monarquia constitucional e possui um órgão bicameral composto por um conselho consultivo e um conselho dos representantes. A Assembleia Nacional possui 80 lugares formados a partir dos 40 membros eleitos do Conselho dos Representantes (câmara baixa) e os 40 membros da realeza do Conselho Consultivo (câmara alta). Na prática, o país é governado há mais de 200 anos pela dinastia sunita (Al Khalifa) e vive conflitos étnicos e tensões políticas em razão da maioria xiita que vive no país (correntes religiosas dentro do islamismo).

Grupo parlamentar
Em 2022, a Câmara aprovou a criação do Grupo Parlamentar Brasil–Bahrein, para promover a cooperação internacional entre parlamentares dos dois países. A resolução que criou o grupo estabelece que a cooperação interparlamentar seja realizada por meio de visitas parlamentares, eventos, estudos, troca de experiências sobre matéria legislativa, intercâmbio de experiências parlamentares, entre outras atividades. O grupo parlamentar poderá manter relações culturais e de intercâmbio, bem como de cooperação técnica com entidades nacionais e estrangeiras.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Publicidade
Publicidade
<
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade